Você conhece sua churrasqueira?

A churrasqueira é uma ferramenta essencial para o sucesso do churrasco e por falta de conhecimento acabamos por não dar a devida atenção.

Muitas vezes erramos no preparo do churrasco graças ao seu mal funcionamento. Mas como saber o que está de errado? Já vimos aqui como o churrasco nasceu. Como dito anteriormente ele surgiu da necessidade da permanência dos homens longe de casa por longos períodos para manejo do gado. Desta forma bastava um fogo em um buraco no chão e alguns gravetos como suporte para a carne e tínhamos assim uma churrasqueira.

Hoje em dia a churrasqueira está integrada em nossa casa. Em muitos casos ela é até mesmo uma peça de decoração e contam com vários acabamentos como granito, mármore, algumas vezes até mesmo a própria madeira.

Uma churrasqueira eficiente deve atender a alguns requisitos:

  • A distancia entre o braseiro e o seu primeiro nível deve ser entre 20cm e 25cm;
  • A profundidade (distância entre a boca e o fundo da churrasqueira) deve ser de 60cm a 65cm;;
  • A largura da churrasqueira é a medida mais flexível mas é indicado que ela comporte além do braseiro um espaço para descanso do carvão que ainda não está em uso, assim é possível encostar mais carvão pela lateral e desta forma ir alimentando o braseiro sem comprometer a sua qualidade;;
  • É recomendado também haver um espaço para armazenamento de cinzas. Estas cinzas servirão para conter chamas que venham a aparecer devido à queda de gordura da carne no braseiro. Atenção: nunca, em hipótese nenhuma use agua para conter estas chamas;
  • Uma boa churrasqueira deve oferecer vários níveis de porte para grelha e espetos. Três níveis são o ideal. Do carvão até o primeiro nível, para grelhados ou selar os assados, com distância entre 20cm à 25cm, um segundo nível com distancia de 50cm à 55cm e o terceiro nível, de descanso para os cortes prontos, entre 70cm à 75cm;;
  • Uma base de apoio no primeiro nível também é recomendado. Assim será possível manusear seus utensílios com mais facilidade sem a necessidade de um outro apoio;
  • Outra característica fundamental para a churrasqueira e que muitas vezes acaba sendo ignorada completamente é uma boa iluminação interna. Assim, evitamos ter que tirar o assado para fora da churrasqueira para verificar seu ponto, fazendo ainda mais sujeira no piso com pingos de gordura ou sal que possa cair. Brincamos que as pessoas lembram sempre de construir um ponto de água na churrasqueira (nunca, em hipotese alguma use água para apagar chamas) mas não se lembram de uma lampada na parte interior;

  • POSSO USAR LENHA NA MINHA CHURRASQUEIRA?

    Uma duvida muito comum é a possibilidade de empregar lenha nos churrascos caseiros. Devemos lembrar que o churrasco com queima de lenha nasceu nos tempos que as churrasqueiras eram de tijolos empilhados no fundo de casa ou em valas em campos abertos. Hoje em dia nessas chamadas “churrasqueiras gourmet” o uso de lenha deve ser evitado por causar um calor excessivo e acabar dilatando e rachando pedras, mármores e outros materiais empregados na construção.

    Você jamais deve fazer churrasco na tua churrasqueira residencial com lenha. Somente com carvão.
    Mestre Churrasqueiro Leandro de Farias

    Caso sua churrasqueira seja profunda demais você gastará mais carvão para prover calor ou não conseguirá uma temperatura ideal para coser a carne. Mas este problema é facilmente resolvido com aplicação de areia e tijolo refratários no fundo da churrasqueira, diminuindo assim a distância entre o braseiro e a carne. Assim como um bom corte para o seu churrasco, a churrasqueira também é essencial para garantir o sucesso e o ótimo preparo.



    Oferecimento:
    Curso-de-Churrasco

    Share

    São 10 anos de dedicação visando sempre servir bem e com os melhores ingredientes, receita que tem feito da ‘‘Confra’’ o grande sucesso que a casa é hoje. E como diz a Teka, o sucesso vem somente através trabalho e dedicação, sendo que o futuro a Deus pertence.

    Comments

    1. Pq não se deve apagar as chamas com água?E como seria a forma correta para controlar as chamas?

      • Oi Amanda,

        É isso mesmo. A água nunca deve ser usada por que a alteração de temperatura que ela causa dentro da sua churrasqueira pode causar rachaduras e trincas, devido ao choque térmico que essa ação causa. Isso sem falar na fumaça e sujeira que a fuligem gera.

        A forma correta de apagar a chama é manter sempre um pouco de cinzas de churrascos anteriores no canto da churrasqueira. Quando surgirem chamas você pode despejar com tranquilidade sobre as chamas essas cinzas, o fogo irá reduzir imediatamente sem qualquer sujeira e risco ao churrasqueiro.

    2. Antonio Rogério : abril 30, 2018 at 10:49 am

      É necessário tbm fazer uma chaminé com uma saída proporcional à boca da churrasqueira, de modo que nao haja retorno de fumaça pro ambiente e nem que haja uma exaustão exagerada, criando fluxo forte de saída, de modo que faça a churrasqueira perder mto calor, prejudicando ou retardando a decocçao da carne, o que seria necessário o uso de muito mais carvão para uma qdde pequena de carne. Outro ponto a ser observado, nas churasqueiras que têm aspetos giratórios, é a velocidade de rotação dos espetos, que deve ser considerada como ideal uma rotação de 1 volta/15 segundos.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *