Cremosa e perigosa: conheça a margarina

margarina faz mau

Os óleos e gorduras parcialmente hidrogenados não existem na natureza. São produtos da indústria de processamento de alimentos; versões modificadas dos óleos e gorduras naturais.

Na natureza, quase todas as gorduras e óleos possuem uma estrutura, um formato, que recebe o nome de cis. Porém, após sofrerem a ação de um bombeamento de hidrogênio sob alta pressão e temperatura, a estrutura se modifica e essas gorduras parcialmente ou totalmente hidrogenadas passam a receber o nome de trans.

A indústria alimentícia adora as gorduras trans. É que os alimentos à base dessas gorduras e óleos hidrogenados possuem um prazo de validade muito maior. Elas se são o ingrediente principal da maioria das margarinas e também entram na composição de inúmeros alimentos industrializados.

Mas no nosso organismo, as gorduras trans que ingerimos são incorporadas nas membranas celulares, provocando alterações na composição dessas estruturas delicadíssimas. Além disso, elas adentram as vias metabólicas das gorduras normais, perturbando a função do organismo como um todo.

Muitas funções essenciais do nosso organismo dependem de certas substâncias que controlam os processos inflamatórios e recebem o nome de prostaglandinas. Existem prostaglandinas pró-inflamatórias e anti-inflamatórias. Num indivíduo normal, existe um constante equilíbrio entre elas, de modo que a inflamação possa se manifestar apenas quando necessário para a defesa do organismo. A ingestão de gorduras e óleos trans desequilibra esta ordem, provocando um aumento na ação das prostaglandinas pró-inflamatórias. Tal alteração pode resultar em uma facilidade muito maior para desenvolver toda sorte de processos dolorosos que compreendem estados inflamatórios, desde cólicas menstruais, dores nas juntas, nas costas e, claro, dores de cabeça e enxaquecas.

Estudos demonstram, em animais ingerindo gorduras hidrogenadas, uma diminuição na capacidade das células em reagir com a insulina. Este fenômeno, que recebe o nome de resistência à insulina, resulta num aumento da concentração desta substância no sangue.

Como se não bastasse, a margarina e as gorduras hidrogenadas trans podem elevar o colesterol ruim (LDL), baixar o colesterol bom (HDL), aumentar os níveis de uma substância geradora de doenças arteriais denominada lipoproteína (a), diminuir o volume e o poder nutritivo do leite materno, prejudicar a resposta imunológica, diminuir os níveis de testosterona em animais, inibir a ação de enzimas necessárias ao bom funcionamento das membranas celulares, e prejudicar a incorporação de importantes óleos ômega-3 pelo organismo.

Existem, hoje, milhões de pessoas consumindo, regularmente, gorduras e óleos hidrogenados, sofrendo os efeitos colaterais destes produtos, e simplesmente mascarando os seus sintomas com remédios, sejam eles preventivos ou para crise, ao invés de realizarem mudanças básicas na alimentação. Em todos os pacientes que procuram clínicas com sintomas de dores crônicas de cabeça e uso de analgésicos e anti-inflamatórios, uma grande parte obtém melhora significativa quando, através de mudanças alimentares realizadas em rotinas estabelecidas, seja no consumo diário de comidas altamente industrializadas ou em refeições esporádicas, conseguem corrigir a quantidade de óleo, causados, em grande parte, pelo consumo de margarina, gorduras hidrogenadas e óleos e gorduras trans.

Muitas pessoas obtiveram grandes melhoras de quadros como enxaqueca, dores nas costas, cólicas menstruais e artrite, após a retirada total de gorduras e óleos trans da dieta. Algumas destas pessoas já achavam que suas dores eram normais! Mas a verdade é que não existem dores de cabeça normais, nem cólicas menstruais normais e muito menos artrites normais.

COMO CONSEGUIR ISSO? SUBSTITUA A MARGARINA!

A pouco tempo efetuamos uma substituição de um ingredientes em nosso pão de alho. Substituímos a margarina por manteiga! Ela é rica em nutrientes, sendo de origem animal com base no leite e possui a mesma quantidade de calorias. E não é só isto, ainda podemos elencar alguns benefícios da manteiga:

  • Contribui para uma melhor absorção dos nutrientes presentes em outros alimentos;
  • Ela possui mais benefícios nutricionais que a margarina;
  • Existe há séculos, muito usada por nossos ancestrais;
  • Maior saciedade e nutrição;

13_09_16_-_pratos_curso_confrariadochurrasco_105
Nova receita de pão de alho da Confraria do Churrasco: saboroso e saudável!

Enfim, esta alteração vem exatamente de encontro a filosofia adotada nos produtos servidos pela Confraria do Churrasco e Confra Grill: consumo consciente e saudável. E esta ação de alteração em uma receita base reforça a postura da Confra, em sempre se preocupar com o bem estar e saúde de nossos clientes que são, afinal de contas, nosso maior bem.

Informações via Medicina do Estilo de Vida

Share

São 10 anos de dedicação visando sempre servir bem e com os melhores ingredientes, receita que tem feito da ‘‘Confra’’ o grande sucesso que a casa é hoje. E como diz a Teka, o sucesso vem somente através trabalho e dedicação, sendo que o futuro a Deus pertence.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *